Renda Fixa

Conheça melhor uma LCI – Letra de Credito Imobiliário e saiba como investir melhor

Lorenzo Frazzon, CNPI
Escrito por Lorenzo Frazzon, CNPI em 13 de agosto de 2019
Junte-se a mais de 1.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

LCI é um investimento que se popularizou bastante no Brasil nos últimos anos pela sua facilidade de acesso, rentabilidade e principalmente, por possuir isenção de Imposto de Renda. Mas o que é e quais pontos devem ser observados pelo investidor antes de investir.

O que é uma LCI

LCI é a abreviação para Letra de Credito Imobiliário. Como o nome mesmo informa, esses títulos são emitidos como lastro para empréstimos de cunho imobiliário. Assim, um banco consegue emitir uma LCI para o mercado a partir de um empréstimo, por exemplo, concedido a uma construtora.

Essa construtora, pede dinheiro emprestado ao banco para conduzir um empreendimento imobiliário qualquer. O banco, empresta o dinheiro e fica como garantia o imóvel em questão, até ser pago o valor total emprestado. A fim de se financiar, o banco “vende” esse empréstimo para outros investidores, sob a forma de uma Letra de Crédito Imobiliário. O banco ganha na diferença do que emprestou para a construtora, e no que vendeu para investidores.

Essa já é uma ótima garantia para o investidor, pois ao contrário de muitas outras aplicações, há uma garantia real, onde mesmo que o empréstimo não seja pago, o imóvel pode ser tomado de volta para saldar a dívida.

Mas essa não é a única vantagem, e nem a principal. Como forma de fomentar o mercado imobiliário, o governo isenta de imposto de renda esse investimento. Com isso, o dinheiro chega mais barato as construtoras e é ótimo para o investidor.

Essa isenção de Imposto de Renda faz uma grande diferença, principalmente para investimentos de curto prazo. Esse tipo de investimento é ideal para quem pretende retirar os recursos em até dois anos. Se você tem uma viagem programada, vai pagar uma dívida ou comprar um carro nos próximos meses, é o investimento ideal.

Outra grande vantagem, é que o investimento possui garantia pelo FGC, o Fundo Garantidor de Crédito, até o limite de R$250.000,00 por instituição financeira e por CPF. Mas cuidado, algumas características devem ser observadas antes de investir.

Como investir melhor em LCI : o que devo observar

Nem sempre uma LCI é investimento mais adequado para o investidor. A rentabilidade, para investimentos no curto prazo é interessante, mas para longo prazo, geralmente fica aquém de outros investimentos com risco e características semelhantes.

Isso porque, a tabela de Imposto de Renda, diminui com o tempo de aplicação. Então se você pensa em investir para o médio, ou até longo prazo, deverá procurar outras alternativas.

  • Prazo de Investimento

Como já mencionamos, LCI não é interessante para longo prazo, e também não é para prazos muito curtos. Isso porque, desde 2015, as Letras de Créditos Imobiliarias têm carência mínima de 90 dias. Então, para quem quiser deixar o investimento somente para dois meses, não poderá resgatar a tempo. Atente-se nessa característica antes de investir, pois pode trazer um certo prejuízo caso necessite com urgência dos recursos.

Além da carência, todas as LCIs são emitidas com prazo de vencimento. Isso quer dizer que, naquela data estipulada, o banco que emitiu a LCI vai lhe pagar de volta o “empréstimo”. Existem diversos prazos para uma LCI, de 90 dias a até alguns anos. Normalmente, em grandes bancos, após o período de 90 dias, a LCI tem liquidez diária, ou seja, se pedido o resgate no mesmo dia está na conta corrente. Ideal para quem pretende usar os recursos imediatamente, mas não sabe a data específica, ou como uma reserva de segurança.

Já em bancos médios, as LCI costumam ter prazo de vencimento e seu resgate restrito ao dia do vencimento. Quanto maior o prazo do vencimento, maior a rentabilidade. Entretanto, este só poderá ser resgatado no prazo do vencimento, portanto é bom se planejar antes de investir.

Rentabilidade de uma LCI

Como diversos investimentos, as Letras de Crédito Imobiliário podem ser pós fixadas, pré fixadas ou atreladas a algum índice de inflação. Na sua grande maioria, uma LCI tem a rentabilidade pós fixada, em um percentual do CDI, que é algo semelhante a taxa SELIC. Isso quer dizer que o título pagará, até ser efetuado o resgate uma boa taxa de juros, sem muitos riscos. Outras formas de rentabilidade são as pré fixadas e as indexadas a inflação, mas são pouco comuns.

É muito importante verificar essa rentabilidade antes da aplicação. Normalmente, grandes bancos oferecem uma LCI a uma taxa bastante baixa, principalmente para os clientes de pequeno porte, que não são de segmentos de alta renda do banco.

Objetivo

O objetivo final do investimento sempre deve ser levado em conta. Não existe um investimento ideal, e sim aquele mais adequado ao perfil do investidor. Uma LCI é normalmente um investimento bastante conservador. Não trará um retorno excepcional, mas normalmente supera bem a inflação.

Como já mencionado, mas enfatizando bem, ele é interessante para investir no curto prazo, quando há a expectativa de utilizar os recursos em até dois anos (lembrando da carência de 90 dias). Para investidores pensando no longo prazo existem melhores opções.

Olá,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Junte-se a mais de 1.000 pessoas